Homeopatia para Cães, como funciona?

A Homeopatia é uma terapêutica desenvolvida pelo médico alemão Samuel Hahnemann no século XVIII e pode ser utilizada para o tratamento de pessoas e animais.

Na medicina veterinária, ela foi a primeira especialidade a ser reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária e é uma excelente opção para o tratamento de uma série de doenças, independentemente da espécie do animal (cães, gatos, aves, cavalos…).

A homeopatia pode ser utilizada como tratamento principal (somente medicamentos homeopáticos) e tratamento complementar (associados a outras terapias).

Nos animais de estimação, os casos mais comuns são:

Transtornos de Comportamento

Ansiedade, medo (pânico), depressão, agressividade, fobias, compulsões e doenças psicossomáticas.

Doenças Crônicas

Alergias, dermatites e otites (inflamação de pele e ouvido), doenças infecciosas, quadros degenerativos (animais idosos), doenças auto-imunes, diabetes, câncer, eplepsia, entre outras.

A homeopatia, ao contrário do que as pessoas pensam, também pode ser utilizada como terapia complementar a doenças graves e incuráveis como o câncer, beneficiando o animal não somente no alívio do quadro, mas também melhorando o seu estado geral.

Esta terapêutica também tem grande atuação nos quadros agudos, tais como: doenças gastrointestinais (vômito e diarréia), inflamações de bexiga e dos rins, intoxicações alimentares e medicamentosas, traumas, sangramentos…

As vantagens da Homeopatia são inúmeras, dentre elas podemos destacar:

1 – Medica-se o animal na sua totalidade (Terapia Holística)
2 – Valoriza o doente e não a doença
3 – Não apresenta efeitos colaterais
4 – Menor custo
5 – Facilidade de administrar o medicamento
6 – Contribui com a sustentabilidade do planeta
7 – Não faz testes em animais

A Homeopatia quebra paradigmas!

Desconhecemos o seu mecanismo de ação, mas sabemos hoje que ela atua diretamente no sistema imunológico do paciente, estimulando as suas defesas naturais.

O medicamento homeopático pode ser prescrito: por via oral, fornecendo-o diretamente para o animal, colocando na água de beber ou nos alimentos, por olfação (cheiro), ou seja, basta dar a medicação para o animal cheirar e através da borrifação no ambiente ao qual o animal está submetido.

Considere a Homeopatia para o tratamento de seu animal de estimação!

Dr. Marcos Fernandes
CRMV-SP 7287

Veterinário homeopata, psicanalista e mestre em saúde pública pela USP (SP). Comunicador da Rádio Mundial (95,7 FM) no programa Saúde Animal. Autor do livro “Cara de Um, Focinho do Outro” da Editora Butterfly

Gostou desse artigo? Compartilhe com suas amigas e passe a informação adiante.
E deixe também o seu comentário!

Até a próxima